Comissão de Equidade

Programa Acolhe

 

Apresentação

Aprovado pela Congregação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, em outubro de 2019, o Programa Acolhe Feusp  visa à corresponsabilização institucional na promoção de formas permanentes de cuidado mútuo. Envolve docentes e representação das/os trabalhadoras/es técnico-administrativas/os. Seus objetivos são: identificar barreiras existentes no contexto acadêmico que podem, inclusive, gerar ou potencializar sofrimento psíquico; analisar possibilidades  para seu enfrentamento em âmbito institucional; promover a importância de distintas formas de autocuidado, do cuidado e da solidariedade na comunidade da Feusp; e acionar, quando necessário, redes de proteção social. 

Contato: programaacolhefe@usp.br

Atividades do Acolhe em 2021

26 de agosto de 2021 – 18h

leituras feministas

 

Todo mês tem uma atividade cultural, seguida de roda de conversa. As atividades são abertas para toda a comunidade Feusp.  

Público-alvo: estudantes, docentes e trabalhadores/as técnico-administrativos/as da Feusp.  

As convidadas deste mês são Cláudia Vianna, docente da FEUSP, e Gislaine Oliveira, educadora da FEUSP, que irão versar sobre Leituras Feministas.

 

 

#descriçãodeimagem: card com fundo cor de uva e letras lilases. No alto, à esquerda, o logotipo do evento Arte Acolhe. Também no alto, à direita, o título desta edição: Leituras feministas. Abaixo do título, as fotos coloridas dos rostos de Cláudia Vianna e Gislaine Oliveira. Cláudia é uma mulher branca de meia idade, olhos pretos, cabelos castanhos-escuros encaracolados, com luzes e curtos. Usa óculos pretos, veste uma blusa cor de terra e está olhando de lado, tem ao fundo um jardim e sorri. E Gislaine é uma mulher negra de pele clara, olhos castanhos e cabelos castanhos e cacheados até os ombros. Ela tem um piercing sob o lábio inferior, está sorrindo e o ângulo da fotografia, somente de rosto e de baixo para cima, mostra ao fundo a folhagem de uma árvore. Atividade: 26/08/2021. Apresentação de Cláudia e Gislaine: 18h às 18h30min. Roda de conversa: 18h30min às 19h. Todo mês o programa Acolhe convida a comunidade FEUSP para uma roda de conversa. A atividade ocorre em uma sala do google meet a fim de mantermos a privacidade da conversa. Para receber o link, escreva para programaacolhefe@usp.br. Fim da descrição.

 

05 de julho de 2021 – 18h

CARD-de-evento-AcolheArte3b

 

Todo mês tem uma atividade cultural, seguida de roda de conversa. As atividades são abertas para toda a comunidade Feusp.  

Público-alvo: estudantes, docentes e trabalhadores/as técnico-administrativos/as da Feusp.  

Marília Cruz, a convidada deste mês, é estudante de Pedagogia na FEUSP, musicista, produtora musical e compositora. Entre canções e poemas, escreve a dor do amor, seus desatinos, suas vivências, seus contentamentos descontentes. Sente em feridas doídas do amar, chama ardente em arte, em canção, em poesia. Transforma andar solitário em harmonia e o não querer em melodia. 

 

#descriçãodeimagem: card com fundo cor de uva e letras lilases. No alto, à esquerda, o logotipo do evento Arte Acolhe. Também no alto, à direita, o título desta edição: Amor é dor que desatina sem doer? Abaixo do título, a foto em colorida de corpo inteiro de nossa convidada. Marília Cruz é branca, tem cabelos castanhos, ondulados e curtos. Seus olhos são castanhos. Ela está em pé, virada de lado, segura o microfone e sorri. Usa uma calça preta, uma camisa colorida e um chapéu cinza de aba pequena. Atividade: 05/7/2021. Apresentação de Marília: 18h às 18h30min.  Roda de conversa: 18h30min às 19h. Todo mês o programa Acolhe convida a comunidade Feusp para uma roda de conversa. A atividade ocorre em uma sala do google meet a fim de mantermos a privacidade da conversa. Para receber o link, escreva para programaacolhefe@usp.br. Fim da descrição.

 

17 de maio de 2021 – 18h

Arte Acolhe com Marcelo D'Salete

 
 
Todo mês tem uma atividade cultural, seguida de roda de conversa. As atividades são abertas para toda a comunidade Feusp.  
 
Público-alvo: estudantes, docentes e trabalhadores/as técnico-administrativos/as da Feusp.  
 
 
 
 
 
 
 
#descriçãodeimagem: card com fundo cor de uva e letras lilases. No alto, à esquerda, o logotipo do evento Arte Acolhe. Também no alto, à direita, o título desta edição: Quadrinhos, Histórias e Levantes. Abaixo do título, a foto em preto e branco do convidado Marcelo d’Salete. Marcelo está sentado em uma área pública, olha para o lado sorrindo. Atrás dele, uma parede de cimento, com alguns grafismos em letra preta. Apresentação: 18h às 18h30min.  Roda de conversa: 18h30min às 19h. Todo mês o programa Acolhe convida a comunidade Feusp para uma roda de conversa. A atividade ocorre em uma sala do google meet a fim de mantermos a privacidade da conversa. Para receber o link, escreva para programaacolhefe@usp.br. Fim da descrição. 

Atividades de anos anteriores

Atividades do Acolhe em 2020

Rodas Virtuais de cuidado colaborativo. O Acolhe propiciou um espaço de diálogo, de modo a ampliar o repertório de enfrentamento do que temoso vivido. Esperamos, também, auxiliar na sistematização dos desafios vividos neste contexto a fim de corresponsabilizar a comunidade Feusp na produção de soluções institucionais para os desafios vividos durante a pandemia. Rodas virtuais de cuidado colaborativo

 

 

 

 

 

 

 

Membras

Ana Karina Amorim Checchia (docente)

Biancha Angelucci (docente)

Claudia Riolfi (docente)

Maurilane Biccas (docente)

Rosângela Gavioli Prieto (docente)

Solange Cleide Francisco (trabalhadora técnico-administrativa)

Princípios

1) Dimensão Educacional. O fundamento de nosso trabalho é criar e transformar as condições ofertadas na FE para a fruição da vida acadêmica. Diante do reconhecimento da existência de barreiras nesse contexto, nosso compromisso é traçar, conjuntamente, planos para seu enfrentamento que considerem a integralidade dos direitos humanos e a dimensão social dos processos de saúde-doença. 

2) Corresponsabilidade. Nenhuma instância ou pessoa individual pode ou deve tutelar outra. Somos todos/as responsáveis pela criação e manutenção de um clima de convivialidade e de apoio mútuo no qual encontramos condições de potencializar o exercício de nossas atribuições e realizar nossos compromissos institucionais com a educação, em contextos sociais extremamente adversos. 

3) Reconhecimento. A vulnerabilidade é condição humana universal. Explicitar essa compreensão revela o fato de que eventos de sofrimento psíquico, ainda que sejam vividos individualmente, não são incomuns, surpreendentes ou mesmo isolados. Tais experiências, ao serem compartilhadas, possibilitam mútuo reconhecimento, empatia, intercâmbio de experiências e produção de sistemas de cooperação.

4) Promoção da saúde. Os processos saúde-doença não são de responsabilidade exclusiva do indivíduo. Eles exigem implicação da instituição e seus profissionais na identificação de seus múltiplos determinantes, na transformação de práticas institucionais geradoras ou potencializadoras dos problemas de saúde mental e na promoção de formas permanentes de cuidado mútuo. Um dos principais intuitos é buscar meios para que as pessoas que vivem situações de sofrimento tenham acesso aos cuidados necessários, o que significa, também, articular redes de proteção social. Situações aparentemente inócuas para algumas pessoas podem ser geradoras de grande sofrimento para outras.

Princípios de Ação

  • Acolhimento, em lugar de triagem 
  • Acompanhamento, em lugar de avaliação
  • Articulação de rede, em lugar de encaminhamento.

 

Público-Alvo

Público-alvo

Na etapa inicial do Programa Acolhe, as atenções serão voltadas a todos/as os/as estudantes de graduação e pós-graduação da Feusp.

Lista de serviços psicológicos gratuitos

Em tempos de isolamento, apresentamos uma lista de serviços gratuitos de atendimento psicológico por meios de comunicação a distância

Serviços USP

APOIAR – Atendimento Online (atendimento a profissionais da Saúde) Email: apoiar@usp.br  

IP – Apoio Psicológico Online do Instituto de Psicologia em tempos de Covid-19 (atendimento à comunidade USP) http://www.ip.usp.br/site/covid-19-apoio-psicologico-online/

IPq – Covid19 Solidariedade (atendimento a pessoas acima de 60 anos) Email: grupopsicorpo@gmail.com

Demais serviços gratuitos

Clínica Aberta de Psicanálise (serviço para o município de Santos)Sábados das 10h às 13h – Inscrições a partir das 9:30h pela página facebook.com/clinicaabertapsicanalisedesantos

Clínica Pública de Psicanálise (grupos) Sábados a partir das 9h pela página: facebook.com/clinicapublicadepsicanalise/ (outras datas esporádicas)

Coletivo Psicanálise na Praça Roosevelt Sábados (11h às 14h) pela página: facebook.com/PsicanaliseNaPracaRoosevelt/

Experiência de Escuta – Relações Simplificadas www.relacoessimplificadas.com.br/escuta?fbclid=IwAR2Sqe264jZ60VLPJ3qtHtX7BmEQhT_-QW3ftS1PTF0cMP_ZlOW2iIt1AGk

Instituto de Psicologia e Controle do Stress Tel: (19)999689325 

Laboratório Chronos   (atendimento a profissionais da Saúde) Email: chronos.usp@gmail.com

Oficina Clínica de Psicanálise  Enviar mensagem para: facebook.com/oficinaclinicapsicanalise

Liga Nacional de Atendimento Psi. Social Online Região Sudeste (consultar outras): (11)976321261 / (11)997960983 / (11)976429411 / (11)974254728 / (11)973382738

Linha Aberta para Suporte e Apoio Emocional SP – (11)988630550 (9h às 00h) / Interior de SP – (19)991170990 (10h às 22h) / Outras regiões – consultar

Lugar de Fala – Plantão Psicológico Email: lugardefala@lugardefala.psc.br / Site: fernandanoyapinto.wixsite.com/lugardefala/ficha-cadastral-pre-consulta

Projeto Ponte – Sedes (atendimento a migrantes, refugiados, pessoas sem documentação). Tel: (11) 38662735 (2a a 6a feira das 09h às 20h e sábado das 08h às 12h)

Psicologia Solidária Covid 19 (atendimento a profissionais da saúde e brasileiros/as no exterior) abre.ai/psicosolidaria-atendimento

Rede de Apoio Psi – Profissionais da Saúde (atendimento a profissionais da Saúde) Email: apoiopsi.sus@gmail.com / Site: www.rededeapoiopsicologico.org.br

Sociedade Brasileira de Psicanálise SP (atendimento a servidores públicos da Saúde) https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfGV4W1_Ysj1esW2bz8l5kuhfuJArlhRbXJrPqD2EsIFjSR3Q/viewform

Varandas Terapêuticas (Instituto Gerar) (grupos e individual) Email: atende@institutogerar.com.br / Site: www.institutogerar.com.br / Tel: (11)973383974