Biblioteca

Exposição – Memórias de uma infância em cenas infantis de Sandra Guinle

Exposição de Sandra Guinle
“Memórias de uma infância em cenas infantis” 

Reflexões sobre as esculturas lúdicas na biblioteca da FEUSP

Texto da Profa. Dra. Tizuko Morchida Kishimoto

As esculturas lúdicas de Sandra Guinle doadas para o Museu da Educação e do Brinquedo da FEUSP encontram-se no segundo andar da biblioteca, em amplo e iluminado espaço destinado à pesquisa de acervos especiais, obras raras, entre mesas com computadores, aconchegantes e coloridos sofás, e a paisagem verdejante das tipuanas, que podem ser vistas pelas janelas, que exibem exuberante colorido dourado das flores amarelas nas frondosas copas durante a primavera.  Nesse ambiente destaca-se “a menina com balões”, que expressa a magia da criança que segura os balões, que se encanta olhando boquiaberta os balões que giram ao seu redor; a bailarina, que em gestos delicados mostra sua habilidade na dança; as brincadeiras do rodopio, que geram a sensação de vertigem, de ilinx de Caillois; o pular corda, brincadeira tão a gosto das crianças de todos os tempos e de várias outras que podem ser apreciadas. É um convite para imaginação, reflexão, produção e expressão da cultura. De qual cultura falamos? Dos livros? Da arte? Da imaginação construída por cada um em consonância com tempos e espaços diversos?

Nas bibliotecas dos tempos medievais descritas por Umberto Eco, em “O nome da Rosa”, as rosas eram obras raras, inacessíveis para curiosos envenenados quando as buscavam. Hoje prevalece outro conceito de espaço aberto de leitura, de pesquisa, de exposições, que amplia o conceito de cultura para além do acervo bibliográfico, que estende a alegoria à rosa para outros bens culturais. Muitas bibliotecas dispõem de “toy library” (biblioteca de brinquedo) e oferecem além de livros, oficinas de artes e de histórias, exposições, brinquedos para emprestar e espaços para brincar, ampliando o conceito de cultura na biblioteca.

Assim, as esculturas lúdicas de Sandra Guinle na biblioteca configuram outras “rosas”, talhadas no bronze, que ultrapassam a rigidez do metal nos gestos, na expressão viva dos personagens que brincam, trazendo a leveza das brincadeiras que aproximam leitores, artistas e brincantes.

Consulte também: Site Oficial de Sandra Guinle (Leia sobre a artista)


Faça um bom uso da Biblioteca! Conheça os diversos Ambientes (área de exposições, salas de estudo, acervos etc) – Veja aqui!

Contatos
Tel. (11) 3091-2352 – E-mail:meb@usp.br
________________________

Compartilhe esta página