Eventos

Evento

I Simpósio de Pesquisa da Rede Interdisciplinar e Interinstitucional sobre Êxito, Empoderamento e Ascensão Social - RIEAS
Período: 12/03/2018 a 13/03/2018
O foco da RIEAS é de entender como filhos de pais pobres e com baixa escolaridade conseguiram ascensão social até se tornarem médicos, advogados, juízes, engenheiros, professores universitários etc., contradizendo assim as estatísticas internacionais e a teorização sociológica. Portanto, as obras de P. Bourdieu e J.-C. Passeron (1964/2014; 1970/2008); P. Bourdieu e colaboradores (1997/2012); P. Bourdieu (1994/2011; 1997/2007; 1998) demostram que os sistemas escolares geralmente tendem a reproduzir as classes sociais dos pais, e só uma minoria de pessoas desprovidas de capital cultural, linguístico, econômico etc., consegue a ascensão social por meio dos estudos.
O público alvo das investigações é composto justamente da ‘minoria’ que vence apesar de características familiares, econômicas e sociais desfavorecidas (pobreza, analfabetismo, alcoolismo e violência dos familiares, famílias desunidas etc.; moradia em zona rural ou nas periferias das cidades); de pertencer a categorias étnico-raciais discriminadas (quilombolas, indígenas, ciganos etc.); de deficiências físicas, mentais etc.
Portanto, nossa preocupação não é o estudo de categorias genéricas, por exemplo: ‘Os Alunos Cotistas’, nem mesmo os resultados de políticas públicas buscando promover de maneira genérica a inclusão escolar e a igualdade, por exemplo: ‘a política das cotas’, porque nem todos os cotistas vencem.
A finalidade do RIEAS, portanto, é o entendimento de casos particulares, inesperados psicologicamente, quando improváveis sociologicamente: como pessoas que ‘objetivamente’ (segundo os dados estatísticos e a literatura sociológica) tinham probabilidade fraca de ascensão social, ao final conseguiram, quando a maioria do mesmo meio social ou mesmo da mesma família, não conseguiu.
Para pesquisar essa problemática, necessitamos esclarecer nossos principais conceitos, nossas fundamentações teóricas e as ferramentas metodológicas:
1. Esclarecimento dos conceitos: o que entendemos por êxito escolar e por ascensão social e qual é a relação entre os dois?
2. Esclarecimento epistemológico: causalidade linear ou sistêmica? No caso da relação linear, o êxito escolar seria a variável independente e a ascensão social variável dependente. Ora, todos os alunos exitosos não conseguem ascensão social o que mostra que é a relação entre as duas variáveis não obedece a uma causalidade linear. Numa perspectiva sistémica, nossa hipótese é que as duas dependem de uma terceira variável, complexa, em interação com as duas primeiras que podemos chamá-la de empoderamento. No entanto, empoderamento sendo um conceito polissêmico, precisamos identificar suas características.
3. Ferramentas metodológicas:
a. população-alvo e subpopulações; constituição de amostras;
b. coletânea de dados por narrativa autobiográfica e/ ou entrevista em profundidade com os atores, seus familiares, seus professores;
c. precauções para desconstruir nas narrativas a ‘ilusão biográfica’ denunciada por Bourdieu e reconstruí-las; precauções éticas etc.
4. Fundamentações teóricas: a RIEAS sendo interdisciplinar, podemos nos apoiar em qualquer disciplina traz luzes sobre nossa problemática. Por exemplo,
a. em Filosofia, na teoria do Reconhecimento (Honneth,1992; Ricoeur, 2004) ; na Multirreferencialidade de J. Ardoino (Borba e Gonçalves, 2012) e a teoria da Complexidade (Morin, 2000) ;
b. em Sociologia, na teoria do Habitus (Bourdieu ver n.1); Lahire,1995; na Revanche escolar (Bergier e Xypas, 2013; Bergier e Francequin, 2005) ;
c. em Psicossociologia, na Dinâmica de grupo (Lewin,1978) , no Locus de controle (Rotter) e na Profecia autorrealizáve (Rosenthal e Jacobson, 1968) ;
d. em Psicanálise, no Aparelho psíquico grupal (Kaës, 1976/2017) ;
e. em Antropologia, na Identidade social e o estigma (Goffman, 1975/1988) ;
f. em Semiótica, no Modelo actancial (Greimas, 1986) , entre outras.
5. Publicações das pesquisas que serão apresentadas no Colóquio. Precisa-se idealizar os seguintes pontos:
a. as comunicações nos Grupos Temáticos serão publicadas sob a responsabilidade dos seus organizadores;
b. b. as palestras em Mesas Redondas e as conferências, serão publicadas em revistas, e-books e livros de papel, sob a responsabilidade do Comitê Científico.
6. Colaboração Internacional: idealizar as atividades no Brasil dos professores franceses e portugueses.
Trata-se evento para os pesquisadores da REDE INTERDISCIPLINAR E INTERINSTITUCIONAL ÊXITO ESCOLAR, EMPODERAMENTO E ASCENSÃO SOCIAL (RIEAS), mas está aberto a alunos e professores de graduação e pós-graduação da FE
12/03/2018 - 08:00 às 18:00 - Salas de aula a definir
13/03/2018 - 08:00 às 12:00 - Salas de aula a definir
Neide Luzia de Rezende - EDM
Inscrições: sem inscrição prévia
Informações
Seção de Apoio Acadêmico
Telefone de contato: 3091-3574
Email de Contato: apoioacadfe@usp.br