Pós-Graduação

Informações gerais

PRAZOS

O prazo para a realização do curso de Mestrado ou de Doutorado inicia-se pela primeira matrícula do aluno e encerra-se com o depósito da respectiva dissertação ou tese.

Os prazos máximos para a conclusão dos cursos são:

– Curso de Mestrado: 36 meses
– Curso de Doutorado, para os portadores do título de mestre: 48 meses
– Curso de Doutorado, para os não portadores do título de mestre: 60 meses.

 

Prorrogação de Prazo

Em caráter excepcional, a prorrogação de prazo para depósito da dissertação ou tese pode ser concedida, por período não superior a 120 dias. Os alunos vinculados ao Doutorado Direto não tem direito a Prorrogação de Prazo.

Para a concessão da prorrogação deverão ser atendidos os seguintes quesitos:

1. Formulário de Prorrogação de Prazo, devidamente preenchido e assinado;
2. Requerimento firmado pelo aluno, com a justificativa da solicitação e parecer circunstanciado do orientador;
3. Versão preliminar da dissertação ou tese (em cd);
4. Cronograma indicativo das atividades a serem desenvolvidas no período de prorrogação;

A manifestação deverá ser julgada pela CPG.

 

MATRÍCULA

O aluno de Mestrado ou Doutorado deverá efetuar sua matrícula todos os semestres enquanto estiver vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação, sendo matrícula em disciplina ou de acompanhamento (nos semestres em que não for cursar disciplinas).

Para primeira matrícula, o aluno ingressante deverá comparecer na Secretaria de Pós-Graduação e preencher o formulário de matrícula, dentro do prazo estipulado em edital, indicando as disciplinas que pretende cursar.

A partir do segundo semestre, a matrícula deve ser feita pelo próprio aluno através do Sistema Janus, dentro do prazo fixado no Calendário de Atividades da Pós-Graduação.

Matricula Fora de Prazo

Quando o aluno perder o prazo de matricula fixado no Calendário de Atividades da Pós-Graduação, deverá solicitar matrícula através do Formulário de Matrícula, com a anuência de seu orientador e do ministrante da disciplina, anexando a justificativa do atraso. O aluno terá até a segunda semana de aula para realizar sua matrícula, incorrendo no risco de perder seu curso por desligamento.

Cancelamento de Matrícula em Disciplinas

Quando houver a necessidade de cancelamento da matrícula em disciplinas, esta poderá ser solicitada através do Formulário de Cancelamento com anuência do respectivo orientador, ou via Sistema Janus. O procedimento deverá ser realizado dentro do prazo previsto na lista de presença da disciplina, ou seja, não poderá ultrapassar 25% das aulas dadas. Uma vez que o cancelamento for aprovado, a referida disciplina não constará no Histórico Escolar do aluno.

Trancamento de Matrícula

O aluno matriculado no curso de Mestrado ou Doutorado pode requerer o trancamento de matrícula com plena cessação das atividades escolares, em qualquer estágio do respectivo curso, por prazo total não superior a trezentos e sessenta dias.

O trancamento de matrícula poderá retroagir à data da ocorrência, desde que solicitado enquanto o motivo perdurar.

Os pedidos devem ser instruídos de:

I. Formulário de Trancamento de Matrícula, devidamente preenchido e assinado;
II. Justificativa do aluno e carta de anuência do orientador;
III. Documentação comprobatória;

A manifestação deverá ser encaminhada para apreciação da CPG que a submeterá à CNR do CoPGr, dependendo do caso.

 

DISCIPLINAS

Critérios de Avaliação

O aluno de Mestrado ou Doutorado deve atender às exigências de rendimento escolar e frequência mínima de 75% nas disciplinas de Pós-Graduação.

Correspondência de porcentagem para disciplinas de 12 semanas (08 créditos)

número de faltas

% da freqüência

0

100,0

1

91,6

2

83,3

3

75,0

4

66,6

O aproveitamento do aluno em cada disciplina será expresso por um dos seguintes conceitos:

A – Excelente, com direito a crédito;
B – Bom, com direito a crédito;
C – Regular, com direito a crédito;
R – Reprovado, sem direito a crédito;
T – Aprovado em disciplina cursada fora da USP.

O aluno que obtiver conceito R em qualquer disciplina poderá repeti-la. Neste caso, como resultado final, será atribuído o conceito obtido posteriormente, devendo, entretanto, o conceito anterior constar do histórico escolar. O aluno não poderá cursar a mesma disciplina no curso de Mestrado e no curso de Doutorado.

A entrega dos conceitos atribuídos aos alunos matriculados nas disciplinas deve ser efetuada no prazo máximo de 60 dias, contados a partir do encerramento da disciplina. Eventuais correções autorizadas pelo docente poderão ser feitas no prazo máximo de 40 dias, contados a partir da data de entrega dos conceitos. Após decorrido esse prazo, as alterações de frequência e/ou de conceito só poderão ser realizadas mediante autorização da Câmara de Normas e Recursos do Conselho de Pós-Graduação (Reitoria).

Cancelamento de Turmas e Disciplinas

As turmas oferecidas poderão ser canceladas se não atingirem o número mínimo de 05 estudantes regularmente matriculados por turma ou por solicitação justificada do ministrante, aprovada pela CPG.

As turmas só poderão ser canceladas até a data de início das aulas. A CPG deliberará sobre os pedidos de cancelamento de turmas em até 15 dias da solicitação.

Disciplinas Externas

Disciplina cursada fora da USP em Programa de Pós-Graduação reconhecido pela CAPES, poderão ser aceitas para contagem de créditos, até o limite de um terço do valor mínimo exigido em disciplinas, mediante aprovação da CPG.

Solicitação deverá se feita através de apresentação do  formulário preenchido  e assinado, anexando uma declaração de conclusão da disciplina, com conceito e frequência obtidos e a ementa.

 

DESLIGAMENTO

O aluno matriculado no Mestrado ou Doutorado poderá ser desligado do curso nos seguintes casos:

– se for reprovado duas vezes na mesma disciplina ou reprovado em três disciplinas distintas
– se não efetuar a matrícula regularmente em dois períodos letivos consecutivos dentro do prazo previsto no calendário escolar fixado pelo CoPGr
– se for reprovado pela segunda vez no exame de qualificação
– se não cumprir as atividades ou exigências nos prazos regimentais
– a pedido do interessado
– por desempenho acadêmico insatisfatório

Desempenho Acadêmico Insatisfatório

O aluno poderá ser desligado do programa por desempenho acadêmico insatisfatório, sendo, desta forma, solicitado pelo orientador. Para tal, devem ser apresentadas evidências de não cumprimento das atividades, estabelecidas de comum acordo entre docente e discente e que impeçam a adequada conclusão do trabalho dentro dos prazos regimentais. A solicitação do orientador deve ser encaminhada ao aluno para que este, dentro do prazo máximo de quinze dias, apresente suas justificativas se não concordar com o encaminhamento.

A CPG, amparada em parecer de mérito de um relator, decidirá se acata o pedido de desligamento.

 

CRÉDITOS

A unidade de crédito corresponde a quinze horas de atividades programadas. 

Créditos Mínimos Exigidos

O curso de Pós-Graduação em Educação, se expressa em unidades de crédito e o aluno deverá, para a obtenção do titulo, integralizá-los da seguinte forma:

para Mestrado, pelo menos, 96 unidades de crédito, sendo 32 créditos em disciplinas e 64 créditos na elaboração da dissertação.
– para Doutorado, portadores do título de mestre, pelo menos 160 unidades de créditos, sendo 32 créditos em disciplinas e 128 créditos na elaboração da tese.
para Doutorado Direto, não portadores do título de mestre, pelo menos 192 unidades de créditos, sendo 64 créditos em disciplinas e 128 créditos na elaboração da tese.

Créditos Especiais

O aluno poderá integralizar, no máximo, 25% dos créditos disciplinas em créditos especiais.

Para efeito da contabilização dos créditos especiais, serão consideradas as seguintes equivalências:

– Resumo em congresso científico, até 1 crédito.
– Trabalho completo em congresso científico, até 2 créditos.
– Trabalho publicado em revista amplamente reconhecida pela área, seriada, arbitrada e dirigida prioritariamente à comunidade acadêmico-científica, indexada em, pelo menos, três bases de dados internacionais, até 4 créditos.
– Trabalho publicado em revista amplamente reconhecida pela área, seriada, arbitrada e dirigida prioritariamente à comunidade acadêmico-científica, indexada em, pelo menos, duas bases de dados internacionais, até 2 créditos.
– Livro completo, 4 créditos ou capítulo de livro, até 2 créditos;
– Participação no estágio PAE, 2 créditos.

A solicitação dos créditos especiais deverá ser feita mediante formulário preenchido e cópia dos comprovantes:

– Resumo em congresso científico
– Trabalho completo em congresso científico
– Trabalho publicado em revista: capa da revista, sumário e o trabalho
– Livro completo

– Currículo Lattes impresso com a atividade já cadastrada.

As atividades devem ter sido realizadas após o ingresso do aluno no curso.

Créditos Excedentes

Os créditos excedentes de Mestrado podem ser aproveitados no Doutorado, desde que a disciplina tenha se iniciado após a aprovação no exame de qualificação e a contagem de prazo para o Doutorado retroagirá à data de defesa da dissertação de Mestrado. A tese não poderá ser defendida antes da obtenção desses créditos. O aluno deverá formalizar na Secretaria, no momento da matrícula na disciplina, que disponibilizará os créditos para possível uso no curso de Doutorado.

Para a solicitação dos créditos excedentes, faz-se através da solicitação do aluno, mediante a aprovação do orientador e a apresentação do Histórico Escolar do mestrado, comprovando a conclusão na disciplina.

 

MUDANÇA DE ORIENTAÇÃO

É facultada ao aluno a mudança de orientação, mediante a entrega, na Secretaria de Pós-Graduação, do requerimento de Mudança de Orientador, com anuência do orientador atual e do novo orientador, e manifestação do Coordenador da Linha de Pesquisa.

Ao orientador, também é facultado abdicar da orientação de aluno, com a apresentação de justificativa circunstanciada, que deve ser aprovada pela CPG. Neste caso, durante a transferência de orientação, o atual orientador continua responsável pela orientação.

 

PASSAGEM DO MESTRADO PARA O DOUTORADO DIRETO

No máximo até 90 dias após a realização do exame de qualificação, poderá ocorrer a passagem do mestrado para o doutorado por sugestão da Banca Examinadora, contanto com a concordância do aluno e do orientador. Os pedidos serão avaliados pela CPG, com base em parecer de mérito do trabalho emitido por pesquisador reconhecido na área de pesquisa e que não tenha participado do Exame de Qualificação.

Os pedidos devem ser instruídos de:

– justificativa do orientador, fundamentada no mérito e na originalidade do trabalho de pesquisa, no desempenho, no programa e na maturidade científica do pós-graduando;
– exemplar do exame de qualificação;
– currículo do aluno;
– projeto de pesquisa para o doutorado-direto;
– cópia da ata do Exame de Qualificação e preenchimento de formulário específico, onde se explicitem as razões que diferenciam o trabalho em análise de uma boa dissertação de mestrado.